O que faço com as verrugas?

 

Afinal de contas, porque que as verrugas aparecem? Será que foi porque você apontou para as estrelas que surgiu a sua do dedo? Acho que não, hein! Será que todos os penduricalhos do seu corpo são verrugas? Também acho que não.

 

É comum chamarmos tudo que fica mais elevado ou pendurado na nossa pele de verruga. Mas muitas dessas lesões não são verrugas e sim pintas (chamados nevos melanocíticos), excessos de pele (acrocordons e fibromas moles, por exemplo), dentre outras. A verruga, verruga mesmo, é causada por um vírus, o famoso HPV. Ele é conhecido por dar o câncer de colo de útero, mas não é o mesmo do que dá a verruga da pele. Assim, relaxa mulherada! Não é porque você tem tem verruga na pele que necessariamente tem um maior risco do câncer de colo de útero, pois é de um HPV diferente.

 

Por ser causada por vírus, a verruga pode ser transmitida. Você pode pegar de uma pessoa que tem verruga, ou mesmo espalhar a sua para o seu próprio corpo. Basta ter contato direto com a lesão, principalmente se a verruga estiver ferida ou mesmo se tiver um machucadinho na sua pele. O vírus entra por ele e inicia uma nova verruga.

 

Então, o que fazer com elas? Por ser de vírus, temos que destruir a lesão. Têm várias formas de se fazer isso, todas com acompanhamento médico: com ácidos, congelamento e até com bisturi elétrico. Depende do caso. Algo importante é ativar o próprio sistema de defesa contra o vírus e esse é o mecanismo de muitos tratamentos para elas. E é esse mesmo princípio que explica o porquê que algumas simpatias funcionam com as verrugas. Quem nunca ouviu a avó contar que passou um barbante na verruga e amarrou numa maçã, que jogou pela janela, dando 3 pulos de um pé só e que, após isso, todas as verrugas caíram no dia seguinte? (Não tente fazer isso em casa! Isso é uma simpatia fictícia, gente!)  Embora nada científico, vemos que a crença e que até alguns fitoterápicos podem estimular o sistema imunológico a atacar as verrugas e essas a caírem, por consequência. É o poder da mente... 

 

Que tal unir as forças então? Antes de fazer a sua simpatia, dá uma perguntada para um profissional se a sua lesão é realmente uma verruga viral e quais os tratamentos disponíveis. Mas desde já adianto: não cutuque a sua verruga, não a lixe e nem a corte com o alicatinho. Você não vai tratá-la dessa maneira e de lambuja vai ganhar novas verruguinhas por espalhar o vírus pela sua própria pele. 

 

Please reload

Posts Recentes

May 14, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags